quarta-feira, 19 de março de 2014

HITLER, DEUS E A BÍBLIA! HITLER ERA CRISTÃO?




É UM ÓTIMO DOCUMENTÁRIO!

Fonte: The History Channel.

No livro "HITLER, DEUS E A BÍBLIA", o evangelista internacional e autor best-seller Ray Comfort expõe a teologia de Adolf Hitler e o abuso da religião como um meio de conquistar o poder político e finalmente instigar a Segunda Guerra Mundial e o genocídio.

Esta fascinante livro estuda as profundezas nas crenças de Hitler e argumenta de maneira convincente que sem o uso indevido do Cristianismo do Terceiro Reich de Hitler não teria tido a sua origem lendária, resultando na morte de mais de seis milhões de judeus.

Destacando a juventude de Hitler, suas influências e seu caminho para seduzir uma nação, "HITLER, DEUS E A BÍBLIA" é um frescor, a lembrança pungente do poder da cruz e como seu uso indevido levou à Solução Final.




DOCUMENTOS ORIGINAIS COMPROVANDO E OFICIALIZANDO A PERSEGUIÇÃO DAS IGREJAS CRISTÃS NA ÉPOCA DE HITLER:
http://www.lawandreligion.com/

E os idiotas úteis dizem que Hitler era "Cristão".

"Nisto conheceis o Espírito de Deus: Todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus, mas todo espírito que não confessa a Jesus não é de Deus. Este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e agora já está no mundo. (...) Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. (...) No amor não há medo. Antes o perfeito amor lança fora o medo, porque o medo produz tormento. Aquele que teme não é aperfeiçoado em amor."
- (Bíblia de Referência Thompson. - Livro: 1 João 4:2,3,8,18).

Obrigado!

Carlos R. Pioli. (aqui)



Adolf Hitler, ditador alemão, nasceu em 1889 na Áustria. Filho de Alois Hitler e Klara Poezl, alistou-se voluntariamente no exército bávaro no começo da Primeira Guerra Mundial. Tornou-se cabo e ganhou duas vezes a Cruz de Ferro por bravura.

Depois da desmobilização do exército, Hitler associou-se a um pequeno grupo nacionalista, o Partido dos Trabalhadores Alemães, que mais tarde se tornou o Partido Nacional-Socialista Alemão (nazista).

Em 1921, tornou-se líder dos nazistas e, dois anos mais tarde, organizou uma malograda insurreição, o "putsch" de Munique. Durante os meses que passou na prisão com Rudolph Hess, Hitler ditou o "Mein Kampf" (Minha Luta), um manifesto político no qual detalhou a necessidade alemã de se rearmar, empenhar-se na auto-suficiência econômica, suprimir o sindicalismo e o comunismo, e exterminar a minoria judaica.

Em 1929, ganhou um grande fluxo de adeptos, de forma que, ajudado pela violência contra inimigos políticos, seu partido floresceu. Após o fracasso de sucessivos chanceleres, o presidente Hindenburg indicou Hitler como chefe do governo (1933).

Hitler criou uma ditadura unipartidária e no ano seguinte eliminou seus rivais na "noite das facas longas". Com a morte de Hindenburg, ele assumiu o título de presidente do Reich Alemão. Começou então o rearmamento, ferindo o Tratado de Versalhes, reocupou a Renânia em 1936 e deu os primeiros passos para sua pretendida expansão do Terceiro Reich: a anexação com a Áustria em 1938 e a tomada da antiga Tchecoslováquia.

O ditador firmou o pacto de não-agressão nazi-soviético com Stalin, a fim de invadir a Polônia, mas quebrou-o ao atacar a Rússia em 1941. A invasão à Polônia precipitou a Segunda Guerra Mundial.

Hitler seguia táticas "intuitivas", indo contra conselhos de especialistas militares, e no princípio obteve vitórias maciças. Em 1941, assumiu o controle direto das forças armadas. Como o curso da guerra mostrou-se desfavorável à Alemanha, decidiu intensificar o assassinato em massa, que culminou com o holocausto judeu.

Conhecido como um dos piores massacres da história da humanidade, o holocausto -termo utilizado para descrever a tentativa de extermínio dos judeus na Europa nazista- teve seu fim anunciado no dia 27 de janeiro de 1945, quando as tropas soviéticas, aliadas ao Reino Unido, Estados Unidos e França na Segunda Guerra Mundial, invadiram o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau, em Oswiecim (sul da Polônia). No local, o mais conhecido campo de concentração mantido pela Alemanha nazista, entre 1,1 e 1,5 milhão de pessoas (em sua maioria judeus) morreram nas câmaras de gás, de fome ou por doenças.

Ainda em 1945, quando o exército soviético entrou em Berlim, Hitler se casou com a amante, Eva Braun. Há evidências de que os dois cometeram suicídio e tiveram seus corpos queimados em um abrigo subterrâneo em 1945.

O EFEITO NOSTRADAMUS (aqui)


Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões  Me Adicione no Facebook 


A HISTÓRIA DE ADOLF HITLER - [DUBLADO] [RACISTA] [DITADOR]





INTERESSE PUBLICO: 50 ANOS DO CONTRA GOLPE NO BRASIL - TV RET








31 DE MARÇO DE 1964!


O dia em que os comunistas e ateus, mais uma vez - GRAÇAS A DEUS E AOS MILITARES - não conseguiram tirar Deus do Brasil e reescrever a Bíblia.

ATENÇÃO! O DIA DO EVENTO É NO DOMINGO 30 DE MARÇO



A CENSURA CHEGOU!

Nazismo, diminutivo do bom e velho alemão Nationalsozialismus, ou seja, NACIONAL SOCIALISMO. Totalmente de Esquerda, aliado ao Fascismo de Mussolini. Nazismo e Fascismo, Ideologias-irmãs do Comunismo, são Genocidas, assassinas.

Nazistas matavam nos Campos de Concentração. Comunistas matavam nos Gulags. Hitler odiava o Comunismo, porque queria o mesmo que Stalin - dominar o mundo - jamais por ser de ideologia diferente.

Agora um bando de burro esquerdeopatas só sabem falar: Fascista, fascista. (Comunistas idiotas úteis, papagaios de pirata, só imitam sem saber o que significa). Fascismo, Nazismo, Comunismo, é tudo da mesma espécie.

Os Fascistas eram sócios dos Nazistas, que por sua vez, também eram sócios de Stalin.

Os Nazistas - Hitler - fundou o Partido Trabalhista Alemão - PT. E fazia parte do partido comunista Alemão.

O partido comunista Alemão foi o último partido fechado por Hitler e foi a única vez que Hitler pediu desculpas por ter feito alguma coisa.

Quando terminou a 2ª Guerra, mais da metade da Europa ficou invadida pela Rússia comunista.

A própria Alemanha, metade dela, ficou comunista.

Do que mesmo nos acusam?

São a Maldade personalizada em ideologia.

A Marcha da Família é a defesa de Deus, da Família, da liberdade, da igualdade e do bom senso. Todos os países que não deixaram o Comunismo crescer são os países mais ricos e democráticos do mundo, os contrários são a decadência mundial (Coréia, Cuba e etc).
Os verdadeiros FASCISTAS (Comunistas, Nazistas e Socialistas) querem simplesmente destruir a Cultura Judaico-Cristã. Os Nazistas queriam destruir tudo e todos e fazer a religião Nazista. Os Judeus eram só parte do plano, hoje os Comunistas querem principalmente destruir os Cristãos, Ideologias-irmãs com o mesmo objetivo nefasto.

VIVA A DEUS! VIVA A MARCHA DA FAMÍLIA! VIVA A DIREITA POLÍTICA!


Essa imagem abaixo é o que se vê quando tentam acessar o meu blog pelo Facebook: É um aviso feito pelo Facebook de que o meu blog é um blog perigoso, que passa vírus.





COMEMORAÇÃO DOS 50 ANOS DA CONTRARREVOLUÇÃO DE 1964 NO FACEBOOK! 
(aqui)

1º - FOMOS HERÓIS! SÓ OS COVARDES E INVEJOSOS SE OMITEM! (aqui)

2º - MONUMENTO ÁS VÍTIMAS DO COMUNISMO (aqui)

3º - HOMENAGEM AOS MORTOS NA INTENTONA COMUNISTA DE 1935 (aqui)

4º - A FOME NA UCRÂNIA - UM DOS MAIORES CRIMES DO ESTADO FOI ESQUECIDO (aqui)

5º - O FASCISMO Foi durante muitos anos, o mais sólido interlocutor do comunismo (aqui)

Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões  Me Adicione no Facebook 

Suplicy, Black Blocs, QUEIMAM BANDEIRA DO BRASIL



COMUNISTA BLACK BLOC DEFENDE COMUNISTA!
    


Nenhum comentário:

Postar um comentário